Conceito Halal
Enviado por admin em 03/02/2010

Conceito Halal:
Muitos imaginam que Halal se limita à degola do animal e ao ritual. Esta concepção é incorreta, o Halal (Lícito) vai muito além, existem inúmeros fatores de riscos que podem afetar a saúde do consumidor. Halal também é a base de tudo que é lícito, na política, no social, no alimento, nos atos praticados (conduta), na justiça, nas vestimentas, nas finanças etc. Empresa de Conceito Halal é aquela que:

1. Produz alimentos industrializados e produtos com matéria prima 100% Halal conforme rege a jurisprudência Islâmica.

2. Fabrica alimentos e produtos que não afetam a saúde humana.

3. Introduz as Boas praticas de Fabricação em seu processo fabril.

4. Introduz a Analise de Pontos de Perigo de Controle Critico (APPCC), (HACCP) em seu processo fabril.

5. Maneja de forma equilibrada o solo e demais recursos naturais.

6. Destina parte de seus lucros para beneficio da humanidade.

7. Promove ações sociais para pessoas carentes.

8. Preocupa-se com o meio ambiente, preservando a natureza.

9. Utiliza método consciente na aplicação de agrotóxicos permitidos.

Portanto Halal é muito mais que um produto sendo elaborado com matéria prima Halal. É o resultado de um sistema de produção que busca criar mecanismos que contribuam com a saúde humana, criando equilíbrio sustentável em todo seu processo. O Conceito Halal está sendo desenvolvido com visão moderna para acompanhar a evolução do conceito da segurança alimentar unificando procedimentos e normas internacionais para cumprir em toda sua essência a jurisprudência islâmica. Entedemos que todos os processos criados por órgãos responsáveis pela segurança alimentar como o Codex Alimentarius (ONU), conceito 5S, etc., adotado pelo Brasil através do MAPA, ANVISA, INMETRO, são plenamente aplicáveis ao processo Halal.

Benefícios do Certificado Halal


Halal e o selo de garantia Halal é o mecanismo único para que o consumidor muçulmano possa consumir produtos Halal com confiabilidade. É a garantia de que o produto é licito e a unidade produtora segue procedimentos corretos conforme rege a jurisprudência islâmica. Devido à natureza compulsória do consumidor muçulmano de se alimentar apenas de produtos Halal, seguindo os ensinamentos do Alcorão, e a jurisprudência islâmica. As marcas que obtiverem o status de Halal terão maior aceitação neste gigantesco mercado. Podemos afirmar que a Certificação Halal agrega pontos positivos à imagem dos produtos e empresas, criando lealdade do consumidor, sendo que, atualmente o mercado consumidor de produtos obrigatoriamente Halal, em todo mundo, gira em torno de um bilhão e oitocentos milhões de consumidores. Os consumidores muçulmanos associam sua confiabilidade no produto quando esta mesma é certificada e acompanhada por selo da instituição certificadora competente de Halal.